seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Cade passará por renovação em julho

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) sofrerá uma renovação dos quadros no próximo dia 4 de julho. Quatro dos sete conselheiros chegam ao fim do mandato. Dois deles, os conselheiros Celso Campilongo e Afonso Arinos, já comunicaram ao ministro da Justiça, Miguel Reale Júnior, que não querem ser reconduzidos. O presidente, João Grandino Rodas, e o conselheiro Thompson Andrade devem ser reconduzidos, segundo informações que circulam no Ministério da Justiça. O professor de Direito Econômico da PUC em São Paulo, Fernando Marques de Oliveira, e o secretário-adjunto de Acompanhamento Econômico do Ministério da Fazenda, Cleveland Prates, são os mais cotados para as vagas. O ministro da Justiça deve encaminhar os nomes ao Palácio do Planalto após o dia 10 de junho. Ele aguarda o retorno do secretário de Direito Econômico (SDE), Paulo de Tarso, que está representando o Brasil na reunião do Conselho da Concorrência da Organização para Cooperação Econômica e Desenvolvimento (OCDE), em Paris. Reale Júnior quer escutar a opinião de Paulo de Tarso sobre os novos conselheiros. A expectativa de técnicos do governo é de que não haja muito tempo entre a saída dos conselheiros e a posse dos novos.Celso Campilongo e Afonso Arinos voltam à vida acadêmica. Campilongo, professor da PUC em São Paulo, vai se dedicar ao concurso para professor titular da USP. Afonso Arinos continuará dando aulas na Fundação Getúlio Vargas, no Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.