finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Cadillac Limousine do Duque de Windsor irá a leilão em Nova York

Veículo de luxo pertenceu ao Rei Eduardo VIII, que renunciou ao trono em 1936 para se casar com a americana Wallis Simpson

25 de outubro de 2013 | 16h31

NOVA YORK - Um luxuoso automóvel Cadillac feito sob medida para o Duque de Windsor em 1941, chamado carinhosamente de "Duquesa", será vendido em leilão em novembro pelas casas de leilões Sotheby's e RM Auctions.

    

O automóvel, um Cadillac Custom Limousine, que está afastado da cena pública desde 1952, serviu para o transporte de luxo dos duques durante o período em que viveram em Nova York, e aparecia com frequência na imprensa no noticiário da época.

Preço. Estima-se que o veículo, que tem muitas peças da carroceria feitas a mão e cujo interior foi feito sob medida segundo o gosto de seus primeiros donos, possa alcançar preço entre US$ 500 mil e US$ 800 mil, segundos os responsáveis pela venda.

O interior do Cadillac é revestido com tapete rosa e as portas têm acabamento em madeira. O carro é um dos primeiros do mundo a funcionar com acionamento elétrico de vidros.

Acessórios. Mas a originalidade do veículo do século passado não está apenas nos pequenos detalhes. Ele também tem acessórios exclusivos como quatro porta joias de aço inoxidável e umidificador para o tabaco do cachimbo do duque.

    

A história do proprietário do veículo, o Rei Eduardo VIII e sua renúncia ao trono britânico em 1936 para casar-se com a americana Wallis Simpson, foi um episódio que sacudiu a sociedade britânica e mundial na época.

O casal passou grande parte do seu tempo em Nova York, em uma suíte no luxuoso  hotel Waldorf Towers (um estabelecimento ainda mais exclusivo que o famoso Waldorf Astoria), com seu Cadillac que foi usado por vários anos.

O duque de Windsor pagou US$ 14 mil pelo veículo personalizado de desenho interior estilo 'art deco', o que era uma soma astronômica em 1941.

O Cadillac será vendido no dia 21 de novembro no primeiro grande leilão de automóveis de coleção que será realizado em Manhattan em mais de uma década, e que incluirá 30 automóveis.

Tudo o que sabemos sobre:
Cadillac

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.