finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

CAE sabatina Aldo Mendes, indicado para BC, na terça-feira

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado marcou para a próxima terça-feira a sabatina de Aldo Luiz Mendes, indicado pelo governo para assumir a diretoria de Política Monetária do Banco Central.

REUTERS

19 de novembro de 2009 | 19h07

O relator do processo será o senador Aloísio Mercadante (PT-SP).

Se aprovado pela CAE, o nome de Mendes será submetido em seguida ao plenário do Senado. A ideia do governo é que o processo seja concluído a tempo de o economista participar da próxima reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), em 8 e 9 de dezembro.

Mendes foi indicado pelo presidente do BC, Henrique Meirelles, para substituir Mario Torós, que deixou a diretoria na última segunda-feira, a pedido.

Mendes, 51 anos, ocupou a vice-presidência de Finanças, Mercado de Capitais e Relações com Investidores do Banco do Brasil sob a presidência de Antônio Francisco de Lima Neto. Atualmente, ele presidia a Companhia de Seguros Aliança do Brasil.

(Reportagem de Isabel Versiani)

Tudo o que sabemos sobre:
BACENALDOCAE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.