Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Caem tarifas de voos internacionais

Baixa reflete decisão da Anac

Paulo Justus, O Estadao de S.Paulo

08 de maio de 2009 | 00h00

As companhias aéreas Iberia e British Airways reduziram os preços de algumas passagens para os valores mais baixos permitidos pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). Essas foram as primeiras empresas a anunciar preços nesses novos patamares desde que a Anac reduziu em 20% os pisos para viagens internacionais, em 23 de abril. As promoções, anunciadas na quarta-feira, valem para vários destinos europeus. Entre as ofertas estão voos com saída de São Paulo para Paris, Roma, Londres e Frankfurt, a partir de US$ 695, ida e volta. Há ainda passagens aéreas de São Paulo para Praga e Viena, a partir de US$ 726.O valor corresponde ao novo piso mínimo permitido pela Anac. Na British Airways, as tarifas promocionais valem para embarque até 30 de junho. Na Iberia, a promoção vale para passagens compradas até 15 de maio, para viagens até 30 de junho.O diretor comercial da British Airways, José Antonio Coimbra, diz que o número de assentos disponíveis para as promoções vai variar conforme a demanda. Segundo ele, mais de 50% dos assentos nos voos de ida e volta de São Paulo para Londres estavam sendo vendidos pelo preço promocional ontem. "É uma maneira de atrair o público quando há menos demanda." Ele ressalta que os voos continuam rentáveis, mesmo nesses preços. Outras companhias aéreas estudam medidas semelhantes. A TAM, maior empresa nacional do setor, não baixou os preços para esses novos pisos. A liberação tarifária para voos internacionais deveria ter ocorrido no início do ano, mas foi barrada por uma liminar concedida ao sindicato das empresas aéreas. A TAM é contra a medida e argumenta que não tem condição de competir com as estrangeiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.