Caged sinaliza aceleração de criação de vagas, diz Besi

O economista-chefe do Espírito Santo Investment Bank (Besi Brasil), Jankiel Santos, afirmou que, numa avaliação preliminar, o saldo positivo de 127.648 postos de trabalho criados em agosto, apontado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), sinaliza uma aceleração na criação de empregos ante julho, quando foram geradas apenas 41.463 vagas.

GUSTAVO PORTO, Agencia Estado

20 de setembro de 2013 | 17h50

"Vimos que o número foi forte e, apesar de mostrar que há uma flutuação, com dados maiores em um mês e menores em outro, mostra que pelo menos ainda existe geração de emprego e não uma redução. E a sinalização é positiva porque, mesmo tirando ajuste sazonal, o número vem mais forte que o anterior", disse Santos. Ante julho, com os dados dessazonalizados, houve um crescimento de 0,32% na geração de empregos.

Os dados do Caged foram apresentados na tarde desta sexta-feira, 20, pelo Ministério do Trabalho e do Emprego.

Tudo o que sabemos sobre:
empregoCagedBesi Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.