Cai a participação da China nas vendas da empresa

A Vale vem experimentando uma expressiva redução de sua dependência ao mercado chinês. Segundo o balanço divulgado ontem, a China foi responsável por 27,2% da receita bruta da companhia, uma queda superior a 10 pontos porcentuais com relação aos 37,6% registrados no mesmo período do ano anterior.

, O Estado de S.Paulo

30 de julho de 2010 | 00h00

A mudança foi provocada, segundo a empresa, por um aumento expressivo nas vendas para a Europa e para a América do Sul, que hoje são responsáveis por 23,4% e 19,5%, respectivamente, da receita da companhia. Em comunicado distribuído ao mercado, porém, a empresa diz esperar a retomada do envio de minério às siderúrgicas chinesas no quarto trimestre, por conta da redução dos estoques locais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.