Cai o uso de cheque pré-datado em lojas de confecções

As transações com cheques pré-datados nas lojas de confecções caíram 0,41% em outubro deste ano se comparado ao mesmo mês do ano passado, segundo pesquisa realizada pela Telecheque. No mês passado, as compras parceladas com cheques representaram 88,68% do total movimentado no segmento, uma ligeira queda em relação aos 89,04% registrados em outubro de 2006.O valor médio do cheque emitido no setor no décimo mês do ano, que ficou em R$ 103,22, foi 4,20% inferior à média verificada em outubro de 2006 (R$ 107,75).NatalO vice-presidente da Telecheque, José Antônio Praxedes Neto, ressaltou que o aumento do volume de cheques no setor deve ser maior nas compras de Natal. "O segmento de confecções deve ser um dos principais alvos nas compras de final de ano, não só pelo apelo promocional, mas também pela paixão do brasileiro em acompanhar as tendências da indústria da moda", explicou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.