Cai participação de rodovias no transporte de carga

Estatísticas do ano 2000 divulgadas pela Empresa Brasileira de Planejamento dos Transportes (Geipot) revelam que o modal rodoviário perdeu participação na matriz de transporte de carga do Brasil em relação a 99. A fatia da rodovia caiu de 62,29% em 99 para 60,49% em 2000.Em 96, a rodovia transportava 63,68% da carga do País. Ou seja, em quatro anos, ela perdeu 3 pontos porcentuais. O modal aquaviário foi o que mais evoluiu nos últimos anos. Em 96, sua participação era de 11,47% no transporte de carga. Passou a 13,19% em 99 e a 13,86% em 2000.As concessões no setor ferroviário não modificaram a participação do trem na matriz de transporte de carga, segundo os números do Geipot. A participação da ferrovia manteve-se próxima da média dos últimos cinco anos. Foi de 20,74% em 96 e caiu para 19,60% em 99, recuperando-se em 2000, quando atingiu 20,86%. O transporte aéreo respondeu por 0,33% do movimento de carga em 2000, um pouco mais do que em 99 (0,31%) e o mesmo número registrado em 96.O transporte dutoviário também registrou expressivo aumento nos últimos tempos. Subiu de 3,78% em 96 para 4,61% em 99, perdendo um pouco da fatia em 2000, quando chegou a 4,46% de participação no transporte de carga. Os dados podem ser conferidos no site do Geipot (http://www.geipot.gov.br/novaweb/indexanu.htm).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.