Caiado vai recorrer à Justiça contra lista de fazendas

O deputado federal Ronaldo Caiado (DEM-GO) elaborou o texto de um mandado de segurança coletivo que será encaminhado para federações de agricultura, sindicatos rurais e associações de pecuaristas ainda hoje. A idéia é que esses órgãos coletem assinaturas dos pecuaristas que ficaram de fora da lista de 106 fazendas elaborada pelo Ministério da Agricultura e apresentada para autoridades européias.O deputado ainda não definiu contra quem o mandado será impetrado, já que não há informações sobre quem é responsável pela elaboração da lista. Segundo o deputado, se a lista tiver sido elaborada pelo secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz, o mandado será impetrado no Superior Tribunal de Justiça. Caso a lista tenha sido elaborada pelo ministro Reinhold Stephanes, ao julgamento do pedido caberá ao Supremo Tribunal Federal. "A lista é uma agressão e o mandado é uma tentativa de suspendê-la", disse Caiado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.