Caixa abre 340 mil novas contas por mês

A poupança ainda é a aplicação preferida dos brasileiros, especialmente entre os de menor renda. Dados do Fundo Garantidor de Crédito (FGC) mostram que 54,2% das 91 milhões de contas têm até R$ 100 depositados.

, O Estado de S.Paulo

22 de agosto de 2010 | 00h00

A melhora das condições econômicas nas famílias das classes C e D está elevando o número de cadernetas. A Caixa Econômica Federal, que tem mais de um terço do mercado, abre 340 mil contas por mês, 15 mil a cada dia útil. No banco, 91% dos donos de cadernetas têm renda até R$ 1.500 e 80,4% das contas têm até R$ 1.000 depositados.

A explicação por tamanho apelo junto a esse segmento é a simplicidade da operação. Em boa parte dos bancos, o cliente pode abrir uma conta com qualquer valor. "O cliente sabe que terá o rendimento depois de 30 dias", diz o superintendente nacional de clientes de renda básica da Caixa, Humberto Magalhães.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.