Caixa amplia limite de arrendamento

O presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Emílio Carazzai, anunciou hoje que o secretário especial de Desenvolvimento Urbano, Ovídio de Angelis, assinou portaria nesta quarta-feira autorizando o aumento do limite de R$ 20 mil para R$ 25 mil para imóveis construídos dentro do Programa de Arrendamento Residencial (PAR), nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Pelo programa, construtoras apresentam projetos de empreendimentos, cujos preços não podem ultrapassar, a partir de agora, os R$ 25 mil. As construtoras encontravam dificuldades para apresentar projetos nestas condições em razão do alto custo dos terrenos na capital paulista, o que acabava inviabilizando a construção de empreendimentos nesta faixa de valor.O projeto é voltado para famílias com renda máxima de seis salários mínimos (R$ 906,00). A taxa de arrendamento é de 0,6% ao mês, que gera prestações mensais de aproximadamente R$ 130,00 por mês, em prazo de 15 anos de financiamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.