Dida Sampaio/Estadão
Dida Sampaio/Estadão

Bancos anunciam que agências ficarão abertas de 10h às 14h

Para os clientes que estão no grupo de risco, como idosos acima de 60 anos, os bancos manterão a abertura a partir de 9h para o atendimento exclusivo

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de março de 2020 | 11h14
Atualizado 24 de março de 2020 | 15h18

BRASÍLIA - A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) informa que a partir desta terça-feira, 24, as agências de todos os bancos vão funcionar em um novo horário: das 10 horas às 14 horas. Idosos, gestantes e pessoas portadoras de deficiências terão atendimento exclusivo das 9 horas às 10 horas.

Na Caixa, o atendimento presencial será restrito para os casos em que não é possível fazer as operações pelo telefone ou aplicativo do banco. Entre essas operações estão o saque imediato do FGTS e o recebimento de benefícios sociais, como o Bolsa Família

Segundo os bancos, a medida visa proteger funcionários, clientes e a sociedade do avanço da pandemia do novo coronavírus.

Para os clientes que estão no grupo de risco, como idosos acima de 60 anos, os dois bancos manterão a abertura antecipada em uma hora (portanto, às 9 horas).  A Caixa informou que o horário exclusivo estará disponível em 1.619 agências. A lista dessas unidades pode ser consultada no seguinte endereço: www.caixa.gov.br/caixacomvoce/Paginas/default.aspx.

O Banco do Brasil afirmou que as agências que concentram o maior volume de pagamentos de aposentadorias foram escolhidas. A partir desta quarta, 25, inicia-se o pagamento dos aposentados e pensionistas do INSS. 

Lotéricas podem decidir se abrem

A Caixa informou também que cabe aos empresários lotéricos a decisão de funcionamento durante a crise sanitária provocada pelo novo coronavírus.

No entanto, o banco ressalta que eles precisam cumprir o que determinam os decretos estaduais e municipais sobre restrições de funcionamento no combate à pandemia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.