Clayton de Souza e Fabio Motta / Estadão
Clayton de Souza e Fabio Motta / Estadão

finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Caixa começa a pagar PIS para nascidos em agosto e BB disponibiliza Pasep; veja o calendário

Datas são válidas para quem não tem conta na Caixa ou no Banco do Brasil; liberação dos valores para correntistas dos bancos ocorreu no fim de junho

Agência Brasil

18 de agosto de 2020 | 09h30

O pagamento do abono salarial para trabalhadores da iniciativa privada, vinculados ao Programa de Integração Social (PIS), nascidos em agosto se inicia nesta terça-feira, 18, pela Caixa Econômica Federal. Os valores disponibilizados variam de R$ 88 a R$ 1.045. O dinheiro poderá ser sacado por quem em 2019 teve emprego formal por, ao menos, 30 dias, com média salarial de no máximo dois salários mínimos por mês. 

Para servidores públicos, o pagamento será realizado por meio do Banco do Brasil. Nesse caso, o banco libera o saldo para servidores com final de inscrição 1 no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).

Esse calendário é válido para quem não tem conta na Caixa ou no Banco do Brasil. O crédito na conta da Caixa, no caso de trabalhadores de empresas privadas, e na conta do Banco do Brasil, para servidores públicos, ocorreu no fim de junho. 

Para os trabalhadores da iniciativa privada, vinculados ao Programa de Integração Social (PIS), é considerado o mês de nascimento no calendário de pagamentos. Os trabalhadores que nasceram entre julho e dezembro recebem o abono salarial do PIS ainda este ano. Os nascidos entre janeiro e junho terão o recurso disponível para saque em 2021. 

Para os funcionários públicos, vale o dígito final do número de inscrição do Pasep. Os servidores públicos com o final de inscrição do Pasep entre 0 e 4 também recebem este ano. As inscrições com final entre 5 e 9, em 2021. O fechamento do calendário de pagamento do exercício 2020/2021 será no dia 30 de junho de 2021.

Saques do PIS 

Os valores podem ser sacados com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento, unidades lotéricas e nos Correspondentes Caixa Aqui, bem como nas agências. Segundo o banco, mais de 736 mil trabalhadores nascidos em agosto têm direito ao saque do benefício, totalizando cerca de R$ 568 milhões em recursos disponibilizados. 

O saque pode ser realizado até 30 de junho de 2021. Em todo o calendário, a Caixa disponibilizará R$ 15,8 bilhões para 20,5 milhões de trabalhadores. Os trabalhadores com conta na Caixa, nascidos de julho a dezembro, receberam o crédito do abono salarial referente ao calendário 2020/2021 em 30 de junho deste ano.

Para os demais trabalhadores, sem conta na Caixa, o pagamento é escalonado conforme o mês de nascimento. Para nascidos em julho, o pagamento foi liberado no dia 16 de julho; nascidos em agosto, 18 de agosto; nascidos em setembro, 15 de setembro; nascidos em outubro; 14 de outubro; nascidos em novembro; 17 de novembro; nascidos em dezembro, 15 de dezembro; nascidos em janeiro e fevereiro, 19 de janeiro de 2021; nascidos em março e abril, 11 de fevereiro de 2021; e nascidos em maio e junho, 17 de março de 2021.

Quem tem direito ao PIS? 

Tem direito ao benefício o trabalhador inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e que tenha trabalhado formalmente por pelo menos 30 dias em 2019, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é necessário que os dados tenham sido informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou eSocial, conforme a categoria da empresa. Recebem o abono salarial na Caixa os trabalhadores vinculados a entidades e empresas privadas. As pessoas que trabalham no setor público têm inscrição Pasep e recebem o benefício no Banco do Brasil.

Quem tem direito ao Pasep? 

Os trabalhadores com final de inscrição Pasep de 0 a 4, correntistas do BB, receberam o abono salarial no dia 30 de junho, no montante de R$ 580 milhões. Quem não tem conta no banco recebe conforme o seguinte calendário: inscrição final 0, pagamento em 16 de julho; final 1, 18 de agosto; final 2, 15 de setembro; final 3, 14 de outubro; final 4, 17 de novembro; final 5, 19 de janeiro de 2021; finais 6 e 7, 11 de fevereiro; e finais 8 e 9, 17 de março. 

Calendário do abono salarial do PIS/Pasep 

O calendário é feito de acordo com o mês de aniversário do contribuinte. Confira abaixo as datas da tabela de pagamento para 2020/2021: 

  • Nascidos em julho: 16 de julho
  • Nascidos em agosto: 18 de agosto
  • Nascidos em setembro: 15 de setembro
  • Nascidos em outubro: 14 de outubro
  • Nascidos em novembro: 17 de novembro
  • Nascidos em dezembro: 15 de dezembro
  • Nascidos em janeiro: 19 de janeiro de 2021
  • Nascidos em fevereiro: 19 de janeiro de 2021
  • Nascidos em março: 11 de fevereiro de 2021
  • Nascidos em abril: 11 de fevereiro de 2021
  • Nascidos em maio: 17 de março de 2021
  • Nascidos em junho: 17 de março de 2021

Calendário Pasep

  • Final da inscrição 0: 16 de julho
  • Final da inscrição 1: 18 de agosto
  • Final da inscrição 2: 15 de setembro
  • Final da inscrição 3: 14 de outubro
  • Final da inscrição 4: 17 de novembro
  • Final da inscrição 5: 19 de janeiro de 2021
  • Final da inscrição 6 e 7: 13 de fevereiro de 2021
  • Final da inscrição 8 e 9: 17 de março de 2021

Atendimento

O abono salarial ficará disponível para saque até 30 de junho de 2021. O valor do abono salarial varia de R$ 88 a R$ 1.045, de acordo com a quantidade de dias trabalhados durante o ano-base 2019. O trabalhador da iniciativa privada pode consultar o valor do benefício no aplicativo Caixa Trabalhador, no site da Caixa ou pelo Atendimento Caixa ao Cidadão: 0800 726 0207.

No caso do BB, o atendimento é feito pela Central de Atendimento, nos seguintes telefones: 4004-0001 ou 0800 729 0001. Ou por meio do Alô Trabalhador - Telefone 158. O trabalhador também pode fazer consulta no site do banco.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.