coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Caixa começa pagar diferença do FGTS hoje

A Caixa Econômica Federal começa a pagar, nesta terça-feira, os créditos complementares do Fundo de Garantia por Tempo de Serviços (FGTS) referentes às diferenças dos planos econômicos Verão e Collor I, para os trabalhadores que têm até R$ 1 mil a receber. De acordo com Caixa, 17 milhões de trabalhadores que assinaram o termo de adesão. Desse total 13,9 milhões receberão nesta primeira etapa os valores a que têm direito, pagos em parcela única.O calendário de pagamentos segue algumas regras, e os primeiros a receber serão os trabalhadores que, no ato da adesão, indicaram conta corrente na rede bancária para recebimento dos valores. Dos 13,9 milhões de trabalhadores, com as adesões já tratadas pela Caixa, 5,4 milhões estão incluídos no grupo do crédito em conta corrente ou poupança. A partir do dia 19 de junho, a Caixa começa a pagar o complemento a 1,8 milhão de trabalhadores que trabalham em empresas conveniadas com a Caixa. Cerca de 56 mil empresas de todo país firmaram esse convênio. Neste caso, o crédito estará discriminado na folha de pagamentos e será feito junto com o salário de junho.Os próximos grupos estão escalonados de acordo com as datas de nascimento. A partir de 26 de junho, por exemplo, recebem os trabalhadores nascidos entre janeiro e março (cerca de 1,6 milhão de pessoas). Veja o calendário de pagamento dos créditos complementares até R$ 1 mil: A partir deQuem recebeTrabalhadores beneficiadosNúmero de contas11 de junhoTrabalhadores que indicaram conta corrente5.421.66316.264.98919 de junhoTrabalhadores cujos empregadores estão no convênio FGTS-Empresa1.800.0005.400.00026 de junhoNascidos em Jan/Fev/Mar1.670.2595.010.7773 de julhoNascidos em Abr/Mai/Jun1.670.2595.010.77711 de julhoNascidos em Jul/Ago/Set1.670.2595.010.77717 de julhoNascidos em Out/Nov/Dez1.670.2615.010.783Onde sacarOs trabalhadores que não indicaram conta corrente para recebimento do complemento do FGTS, terão acesso ao crédito nos mais de 13 mil pontos de atendimento da Caixa. O trabalhador poderá sacar nas lotéricas de todo o país, nos caixas eletrônicos e correspondentes bancários (instalados em pequenos comércios de municípios onde não existem bancos), até o limite de R$ 300,00 e com a apresentação do Cartão do Cidadão. O saque de valores superiores a R$ 300 poderão ser retirados somente nas agências da Caixa, mediante apresentação do documento de identificação e do Cartão do PIS.

Agencia Estado,

11 de junho de 2002 | 07h41

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.