Caixa divulga nova nota sobre a correção do FGTS

A Caixa Econômica Federal divulgar nesta tarde uma segunda nota para desmentir a informação de que teria desistido de recorrer de ações que pedem a correção dos saldos do FGTS dos planos Verão e Collor 1. Pela manhã, a Caixa divulgou uma nota negando a informação publicada hoje pelo jornal O Globo.A Caixa sustenta que o presidente da instituição, Jorge Mattoso, que se encontra em São Paulo, nunca conversou por telefone com o presidente do STJ, ministro Nilson Naves. "Ainda não tive o prazer de conhecê-lo", afirmou Mattoso, de acordo com a nota. Logo após a primeira nota, o jornal publicou uma matéria confirmando a desistência da Caixa e informando sobre um encontro entre os dois.Leia a íntegra da segunda nota:"A Caixa Econômica Federal nunca cogitou, neste Governo ou no anterior, de desistir de recorrer das ações que pedem a correção dos saldos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), ao contrário do que foi divulgado no noticiário do jornal O Globo e distribuído pela Agência Globo. O presidente da Caixa, Jorge Mattoso, que se encontra em São Paulo, não conhece, nunca falou ao telefone nem tem qualquer reunião prevista para hoje com o Presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Nilson Naves. ´Ainda não tive o prazer de conhecê-lo´, disse, desmentindo uma notícia publicada no canal GloboNews.com, sobre um telefonema trocado entre os dois, que nunca ocorreu. De acordo com o presidente da Caixa, as notícias divulgadas são absolutamente infundadas e improcedentes. ´Nem eu ou qualquer um dos vice-presidentes da Caixa mandou uma equipe para tratar do assunto com o STJ. Isso nunca foi cogitado´".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.