Caixa fará novas mudanças em taxas e valores de fundos

Medida faz parte da nova ofensiva do governo no setor bancário, que pretende aumentar a rentabilidade dos fundos de investimento e adiar a necessidade de mudanças na caderneta de poupança 

Eduardo Cucolo, da Agência Estado,

23 de abril de 2012 | 15h33

A Caixa Econômica Federal reduzirá as taxas de administração e o valor mínimo de aplicação de mais fundos de investimento, de acordo com fontes da instituição. A medida faz parte da nova ofensiva do governo no setor bancário, que tem como objetivo aumentar a rentabilidade dos fundos de investimento e adiar a necessidade de mudanças na caderneta de poupança.

Na semana passada, já foram reduzidas taxas de dois fundos na Caixa. O banco também criou outros dois produtos que oferecem custo mais baixo para clientes que recebem salário pela instituição.

O banco decidiu anunciar as mudanças gradualmente, e não todas de uma só vez, para analisar o impacto de cada alteração e a reação do mercado. Uma segunda etapa de redução de taxas e valor mínimo de aplicação deve ser anunciada em breve, de acordo com a fonte do banco estatal.

Na primeira etapa, a instituição buscou oferecer produtos mais competitivos para todas as faixas de renda. A taxa do fundo de renda fixa Caixa AzulFIC RF Longo Prazo, que permite aplicação inicial a partir de R$ 50, por exemplo, caiu de 3,0% para 1,5% ao ano. No Caixa FIC Clássico RF Longo Prazo, houve alteração na taxa (de 1,85% para 1,40% ao ano) e também no valor de aplicação inicial, de R$ 1.000 para R$ 100.

Para o público de alta renda, foi criado um fundo com taxa de 0,7% ao ano que aceita aplicação a partir de R$ 20 mil para quem recebe salário pelo banco.

Outra instituição estatal, o Banco do Brasil, também analisa mudanças em seus fundos de investimento, conforme antecipou a Agência Estado na última quinta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
ReduçãoCaixataxas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.