finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Caixa lança fundos com aplicação inicial de R$ 10

Banco ainda reduziu as taxas de administração e os aportes iniciais de outros dois fundos

Eduardo Cucolo, da Agência Estado,

26 de abril de 2012 | 18h26

BRASÍLIA - A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira, 26, o lançamento de dois novos fundos, ambos com aplicação inicial de R$ 10. O banco também divulgou que diminuiu as taxas de administração e os aportes iniciais de outros dois fundos.

O fundo CAIXA FIC Geração Jovem RF Crédito Privado LP, um dos novos produtos, tem aplicação mínima inicial de R$ 10 e taxa de 1,3% ao ano. Já o CAIXA FI Ações Consumo também tem aplicação inicial de R$ 10, mas a uma taxa de 1,6% ao ano.

Taxas de administração

A taxa do CAIXA FIC Beta DI caiu de 2,00% para 1,5% ao ano. No CAIXA FIC Pleno DI, a redução foi de 1,20% para 1% ao ano. A aplicação inicial mínima dos dois produtos foi reduzida em 50%, para R$ 50 e R$ 2.500, respectivamente.

Nos fundos CAIXA FIC Ideal RF e CAIXA FIC Soberano RF, houve redução na aplicação inicial de R$ 2.000 e R$ 3.000, respectivamente, para R$ 50.

Em nota, o vice-presidente de Ativos de Terceiros da Caixa, Marcos Vasconcelos, diz que as novas iniciativas buscam tornar os investimentos em fundos mais atrativos, em um esforço de popularização do produto, para ser referência para a nova classe média e os pequenos empresários.

Vasconcelos diz o mesmo em relação ao novo fundo de ações. "O baixo valor da aplicação proporcionará, via fundos, o acesso ao trabalhador e empresário da nova classe média disposto a aplicar em ações." A expectativa da Caixa é captar mais de R$ 500 milhões com estes novos fundos até o final do ano. 

Tudo o que sabemos sobre:
Caixataxa de administração

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.