Caixa lidera ranking de reclamações no Banco Central

Queixas contra a instituição se concentram na definição de prazos e ao atendimento aos clientes

GUSTAVO FREIRE, Agencia Estado

09 de outubro de 2007 | 11h06

A Caixa Econômica Federal foi o banco que mais recebeu reclamações dos clientes em agosto, de acordo com ranking divulgado pelo Banco Central (BC) em sua página na internet. No total, 1.354 reclamações contra a instituição foram consideradas procedentes pelo BC.   A maior parte das queixas contra a Caixa ficou concentrada em questões relacionadas à definição de prazos e ao atendimento dispensado à clientela da instituição. Mas a fiscalização do BC chegou a constatar a procedência até de uma reclamação envolvendo o uso de nota falsa contra a Caixa e mais sete contra informação e publicidade enganosa.   Em segundo lugar no ranking do BC, ficou o banco Santander Banespa, que ocupava a primeira colocação ainda em julho. Em vias de se tornar o segundo maior banco privado do País com a compra do banco ABN Real, o Santander teve 263 reclamações consideradas procedentes pelo BC. A maior parte das queixas dos 8,039 milhões de clientes do banco ficou concentrada em questões ligadas ao atendimento, fornecimento de informações e produtos e serviços não solicitados.   Em terceiro na lista do BC, ficou o banco HSBC com um total de 71 queixas consideradas procedentes. Completam a lista das cinco instituições financeiras que mais receberam reclamações de clientes, a Nossa Caixa (101 reclamações) e o banco Itaú (240 reclamações).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.