Marcelo Camargo/Agência Brasil
Marcelo Camargo/Agência Brasil

Governo autoriza Caixa a lançar loteria +Milionária, com aposta mínima de R$ 6

Nova loteria terá frequência semanal; data do primeiro concurso será definida pela Caixa

Eduardo Rodrigues, Érika Motoda e Lorenna Rodrigues, O Estado de S.Paulo

18 de abril de 2022 | 11h07

BRASÍLIA - O Ministério da Economia autorizou a Caixa a instituir uma nova modalidade lotérica, a +Milionária. A autorização foi dada em portaria da Secretaria de Avaliação, Planejamento, Energia e Loteria da Pasta, publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 18, que entra em vigor dia 2 de maio.

De acordo com o texto, a nova loteria terá frequência semanal e a data do primeiro concurso será definida pela Caixa. A aposta mínima custará R$ 6 e será de 6 números na matriz I (números de 01 a 50) e dois números na matriz II (números de 1 a 6) dos volantes dos jogos. A maior premiação será para quem acertar os oito números indicados.

As apostas poderão ser feitas nas casas lotéricas, no site www.loteriasonline.caixa.gov.br ou pelo aplicativo (App Loterias Caixa).

Aumento em 2021

Em 2021, as apostas na loteria cresceram mais de 8% e tiveram o maior volume de venda de jogos da história, chegando a R$ 18,5 bilhões em todas as modalidades, segundo a Caixa.

Com inovações tecnológicas e um cardápio maior de jogos, as loterias operadas pelo banco já vinham crescendo nos últimos anos, mas o ritmo se acelerou na medida em que as dificuldades financeiras da população cresceram desde a pandemia de covid-19. Na comparação do ano passado com 2017, o valor nominal apostado já cresceu quase 30%.

“Obviamente, quando estamos em uma situação com a economia caindo, com a renda abalada ou recebendo auxílios do governo, há essa esperança de conseguir algo melhor por meio da loteria", disse o secretário de Avaliação, Planejamento e Loteria (Secap) do Ministério da Economia, Gustavo Guimarães, em entrevista ao Estadão no final do ano passado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.