Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Caixa não vai precisar recorrer a recursos do FGTS neste ano, afirma Fazenda

Ministério e Caixa afirmaram que o banco tem promovido medidas para se adequar ao plano de negócios deste ano

Eduardo Rodrigues, O Estado de S.Paulo

04 Maio 2018 | 15h10

BRASÍLIA - O Ministério da Fazenda e a Caixa Econômica Federal divulgaram nota conjunta nesta sexta-feira, 4, para afirmar que o banco tem promovido medidas para adequar sua estrutura de capital ao plano de negócios deste ano e ao atendimento das políticas públicas previstas em 2018. 

+ Gastos dos bancos com tecnologia somam R$ 19,5 bi em 2017, alta de 5%

O presidente da Caixa, Nelson Souza, afirmou mais cedo que o banco público tem capital suficiente para este ano e o próximo para expandir a sua carteira de crédito de forma prudente.

De acordo com a Fazenda, a Caixa sempre busca uma alocação eficiente dos recursos, com gestão de risco adequada e respeito às melhores práticas bancárias.

"A atual estrutura de capital permite, na avaliação do Ministério da Fazenda e do comando da Caixa, a execução do plano de negócios previsto para o ano, sem a necessidade de capitalização mediante a utilização do FGTS", completa nota.

No começo do ano, o então presidente da Caixa, Gilberto Ochi, que deixou o cargo em abril para assumir a pasta da Saúde, havia ameaçado reduzir o crédito para habitação e infraestrutura, caso o Tribunal de Contas da União (TCU) não dê sua bênção para a operação de reforço de capital do banco com R$ 15 bilhões do FGTS.

Mais conteúdo sobre:
Caixa Econômica Federal

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.