Caixa registra alta de 11,5% na linha de penhor em maio

Empréstimos somam R$ 425,56 milhões no mês, o maio volume da história

Agencia Estado

14 de junho de 2007 | 16h50

A linha de penhor da Caixa Econômica Federal registrou alta de 11,5% em maio deste ano ante o mesmo mês de 2006, segundo informa comunicado divulgado nesta quinta-feira, 14, pela instituição. Foram realizados no mês em análise R$ 425,56 milhões em empréstimos por meio da linha de penhor em 750.091 contratos, o maior volume já aplicado em sua história.De janeiro até junho foram emprestados R$ 2 bilhões em penhor e, deste montante, R$ 187 milhões foram destinados à linha chamada de Micropenhor. A instituição apontou crescimento de 12,1% em relação ao mesmo período de 2006, quando foram emprestados R$ 1,78 bilhão.Segundo informa o comunicado, os Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Pará respondem por 61% do total de aplicação realizada em maio deste ano.A primeira colocação do ranking é ocupada por São Paulo que aplicou neste mês cerca de R$ 109 milhões. Rio de Janeiro aparece em segundo lugar com aplicação em torno dos R$ 80 milhões e, na terceira colocação, está Minas Gerais com R$ 36 milhões.A Caixa tem como expectativa realizar cerca de 10 milhões de contratos este ano com R$ 6,5 milhões disponíveis para aplicação em penhor. Isso pode representar um avanço no saldo de até 22% e aumentar em 20% o número de contratos em relação a 2006.

Mais conteúdo sobre:
Caixapenhormaio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.