finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Caixa teve captação recorde de recursos até outubro

A presidente da Caixa Econômica Federal, Maria Fernanda Ramos Coelho, informou hoje que a instituição registrou, de janeiro a outubro deste ano, uma captação recorde de recursos, em torno de R$ 80 bilhões, sendo o principal instrumento as cadernetas de poupança. "É uma tendência mundial, em momentos de turbulência, as pessoas buscarem as caixas econômicas para depositarem seu dinheiro, porque a população enxerga essas instituições públicas como um porto seguro", afirmou a presidente ao deixar o Encontro Anual Regional da América Latina, organizado pelo Instituto Mundial de Bancos de Poupança.Segundo a executiva, a poupança é uma aplicação que tem um caráter popular muito grande e de segurança, o que tem permitido as captações recorde de recursos. "E é essa condição que dá à Caixa condições de fazer tantas operações de créditos, especialmente no segmento de habitação", completou.O encontro, que reúne representantes de diversas instituições públicas semelhantes à Caixa Econômica Federal de vários países, prosseguirá amanhã em Brasília. O Instituto Mundial de Bancos de Poupança - cuja sigla em inglês é WSBI - é uma organização independente, não-governamental, que se propõe fomentar a cooperação e a realização de projetos de desenvolvimento entre os países.

ISABEL SOBRAL, Agencia Estado

20 de novembro de 2008 | 17h52

Tudo o que sabemos sobre:
poupançaCaixa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.