Caixa vai abrir 2 mil agências até 2014, afirma Hereda

A Caixa Econômica Federal vai abrir 2 mil novas agências no Brasil até 2014, disse o presidente do banco, Jorge Hereda. Além disso, planeja inaugurar 5 mil lotéricas e ter mais 4 mil correspondentes bancários. "Este ano estamos abrindo uma agência por dia", afirmou.

ALTAMIRO SILVA JUNIOR, Agencia Estado

24 de setembro de 2012 | 14h09

O banco também vai contratar 12 mil novos funcionários até o ano que vem e prevê crescer até 40% no crédito em 2013. Este ano, a meta é expandir a carteira em 42%.

"A Caixa não vai crescer comprando outros bancos. Vamos crescer organicamente", afirmou o presidente do banco público. Em novos negócios, a Caixa vai entrar no credito agrícola, mercado dominado pelo Banco do Brasil.

A meta da Caixa é estar entre os três maiores bancos do Brasil até 2014. Atualmente, a Caixa ocupa o quarto lugar, em ranking dominado por BB, Itaú e Bradesco.

Para o crédito imobiliário, a Caixa deve fechar o ano com R$ 100 bilhões em operações. Hereda destacou que os últimos meses do ano tendem a ter aceleração nos volumes de financiamento imobiliário. No ano passado, foram R$ 80 bilhões. No programa do governo Minha Casa Minha Vida os contratos chegaram a 2 milhões em outubro, disse Hereda.

O presidente da Caixa participou nesta segunda-feira de almoço promovido pelo Grupo de Lideres Empresariais (Lide).

Tudo o que sabemos sobre:
bancosCaixaagências

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.