Caixa vai financiar exportações a partir do 2º semestre

A Caixa Econômica Federal (CEF) começará a financiar exportações no segundo semestre deste ano por meio de um projeto piloto e passará a oferecer produtos de apoio ao comércio exterior em todo o Brasil no ano que vem. A informação foi dada hoje pelo gerente nacional da instituição para a área internacional, Mário Ricardo Maia, em entrevista no Encontro Nacional de Comércio Exterior (Encomex). O local do projeto piloto ainda não foi decidido."A Caixa vai focar no apoio às exportações de micro, pequenas e médias empresas", disse Maia, lembrando que a instituição é forte no segmento. "A Caixa colocou R$ 24 bilhões para empresas no ano passado, sendo 94% disso para micro, pequenas e médias empresas", afirmou.Historicamente, havia uma divisão de atividades entre os bancos comerciais federais sob o argumento de que um não deveria competir com o outro. Com o interesse do Banco do Brasil pelo crédito imobiliário, área tradicional da Caixa, a divisão foi rompida. "Não vamos competir com o Banco do Brasil, vamos somar esforços aos do Banco do Brasil e aos das outras instituições no comércio exterior", disse Maia. Ele lembrou que a meta para as exportações estabelecida pelo governo é de US$ 180 bilhões em 2008 e disse que é preciso oferecer financiamento para que esta meta seja atingida. Maia informou também que a Caixa vai buscar recursos inclusive junto ao mercado internacional para financiar exportação. O volume ainda não está definido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.