finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Caixa vai priorizar expansão do crédito em 2008

A expansão do crédito à pessoa física e jurídica será uma das prioridades da Caixa Econômica Federal (CEF) no ano que vem, adiantou a presidente da instituição financeira, Maria Fernanda Ramos Coelho. Segundo ela, outro objetivo será a ampliação da rede de casas lotéricas, especialmente em locais onde há baixos índices de inclusão bancária.Para Maria Fernanda, o ano de 2007 foi de "fortalecimento institucional" para a Caixa, que disponibilizará, em quatro anos, R$ 100 bilhões do total de R$ 500 bilhões em recursos previstos para o Plano de Aceleração Econômica (PAC). "Para nós, do ponto de vista de governança da instituição, nossa missão tem se cumprido", afirmou em entrevista após palestra no Clube de Engenharia, no Rio. PACDos 26 bilhões em projetos do Plano de Aceleração Econômica (PAC) previstos para liberação na Caixa Econômica Federal em 2007, mais de 50% já estão contratados, disse hoje a presidente da instituição financeira.Segundo ela, mais de 90% de projetos previstos, via Caixa, para o PAC neste ano estão em fase de análise e são, na maior parte, "projetos estruturantes", sobretudo de saneamento.A presidente da Caixa disse que havia muita desconfiança na sociedade de que os Estados e municípios não teriam projetos a apresentar para análise da instituição financeira, no âmbito do PAC, e em três meses já foram enviados projetos que correspondem a 90% dos recursos previstos.Para ela, o PAC vai permitir à União recuperar "o seu papel de investir em projetos estruturantes", enquanto o setor privado "também passa a ter atuação muito mais intensa".

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

30 de novembro de 2007 | 14h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.