Caixa volta a oferecer o Construcard

Quem está interessado em financiar a compra do material de construção pelo Construcard, que voltará a ser ofertado pela Caixa Econômica Federal este mês, deve ter o cuidado de solicitar o cartão no banco pelo menos 15 dias antes da data em que pretende fazer a compra. É que ao contrário dos demais sistemas de financiamento, em que o crédito é aprovado na própria loja, o consumidor deve preencher o formulário de requisição em uma das agências do banco e aguardar alguns dias para ter a aprovação do crédito e a liberação do cartão.Isso ocorre porque o Construcard é um sistema diferenciado de empréstimo da Caixa Econômica Federal. O cliente recebe um cartão de débito no valor aprovado pela instituição com o qual pagará suas compras. Esse valor varia conforme a renda mensal do interessado. O contratante poderá optar pelo uso do cartão por prazo que vai de um a seis meses. Nesse período, será possível fazer compras em qualquer uma das lojas filiadas à Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco), entre elas Castorama, Center Castilho, Conibra, Irka, Madeirense, Mundo Novo, Nicom, Telha Norte e Uemura.O prazo para a liquidação da dívida na Caixa é de até 24 meses. Lembrando que o cliente tem carência de seis meses para iniciar o pagamento com taxa de juros retroativa. Miguel José Ribeiro de Oliveira, vice-presidente da Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), destaca que essa opção é interessante apenas para o consumidor que vai comprar grande quantidade de material e necessita de um prazo mais longo para saldar a dívida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.