Caixa volta a usar FGTS para financiar imóveis

A Caixa Econômica Federal (CEF) foi autorizada hoje pelo Conselho Curador do FGTS a remanejar verba do Fundo ainda não utilizada para a retomada dos financiamentos destinados à compra de imóveis novos e usados, que estavam suspensos desde o início de outubro em várias regiões do País, onde os recursos estavam esgotados. Segundo nota distribuída pela Caixa, a partir de amanhã, sexta-feira, todas as agências da Caixa voltarão a receber novas propostas de financiamento na linha Carta de Crédito FGTS - individual.Segundo a nota, "serão remanejados R$ 500 milhões, remanescentes do orçamento global de R$ 2,8 bilhões, para essa linha de financiamento, o que irá garantir a eficácia da aplicação dos recursos com o atendimento de novas propostas até o final deste ano", afirmou. A Caixa informou que até a segunda quinzena de outubro, a Caixa já contratou com recursos do FGTS, nas diferentes modalidades de financiamento, 156.609 operações no montante de R$ 2,3 bilhões. A nota acrescenta ainda sobre a limitação ?de 50% de financiamento para imóveis usados, em relação ao valor de compra e venda ou de avaliação do imóvel (o menor dos dois), observado também o limite de valor definido na mensuração de risco de crédito do proponente, pela instituição".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.