seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Califórnia pode eliminar 20 mil postos de trabalho

Sem a aprovação de resgate financeiro de US$ 40 bilhões, corte de despesas atinge empregados do estado

Reuters

17 de fevereiro de 2009 | 04h12

O estado da Califórnia, que está a ponto de ficar sem fundos, vai notificar nesta terça-feira, 17, a 20 mil empregados estatais que seus empregos podem ser eliminados, disse na segunda-feira, 16, um porta-voz do governador Arnold Schwarzenegger.   O anúncio foi feito um dia depois que legisladores da Califórnia não conseguiram a aprovação por uma escassa margem de um plano financeiro de 40 bilhões de dólares que cobriria um déficit do estado, além do aumento de impostos e cortes de gastos.   Os anúncios de demissão afetarão a 20% dos trabalhadores estatais, disse McLear, um porta-voz do governo republicano. McLear acrescentou que os cortes poderão se estender a cada uma das partes do governo estatal.   A Califórnia, estado mais populoso dos Estados Unidos e a oitava maior economia mundial, experimenta uma dramática queda nos lucros devido a crise hipotecária, o que aumenta o desemprego e reduz o gasto de consumo.

Tudo o que sabemos sobre:
Califórniacrise econômicademissões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.