Calote da Grécia pode ser evitado, diz comissário da UE

Segundo Michel Barnier, com esforços 'significativos e dolorosos' país poderia evitar o default

Gabriel Bueno, da Agência Estado,

23 de setembro de 2011 | 16h15

O comissário de Mercados Internos da União Europeia, Michel Barnier, insistiu nesta sexta-feira, 23, que a Grécia pode evitar um eventual calote. "Nós acreditamos que, com os esforços significativos e dolorosos que a Grécia está fazendo e a solidariedade que temos, com a Grécia nós podemos evitar o default, que teria consequências muito sérias", disse Barnier em entrevista à rádio francesa Europe 1.

Barnier reiterou o plano da comissão para reduzir o papel das agências de rating, na proposta que ele realizará em novembro.

Nesta sexta, a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, disse que o default da Grécia não é uma das opções disponíveis para solucionar a crise. "Um default grego traria o risco de um efeito dominó incontrolável", disse, segundo a agência de notícias Reuters. A notícia havia sido transmitida inicialmente pela rede CNBC. As informações são da Dow Jones.

 

(Texto atualizado às 16h36)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.