Câmara aprova audiência pública para discutir gás

A Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara aprovou nesta quarta-feira a realização da uma audiência pública, para quarta da próxima semana, com o objetivo de explicar as conseqüência da decisão do governo boliviano de nacionalizar o produção de gás e petróleo no país.Com a resolução, foi aprovado convite para que os ministros da Casa Civil, Dilma Rousseff, das Relações Exteriores, Celso Amorim, e de Minas e Energia, Silas Rondeau, e o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, compareçam à reunião para esclarecimentos. No requerimento o presidente da comissão, deputado Isaías Silvestre (PSB-MG), acrescentou o nome de Dilma porque ela participou das primeiras discussões sobre investimentos da estatal na Bolívia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.