Andre Dusek|Estadão
Andre Dusek|Estadão

Câmara deve votar renegociação da dívida dos Estados nesta quinta-feira

Após a sessão, Congresso também deve votar LDO e Orçamento de 2017

Isadora Peron, O Estado de S.Paulo

14 Dezembro 2016 | 23h46

BRASÍLIA - As votações no plenário da Câmara foram encerradas nesta quarta-feira por volta das 23h, mas ainda há uma extensa pauta a ser cumprida pelos deputados antes do recesso parlamentar, que inicia na próxima semana. Uma nova sessão deliberativa foi agendada para as 9h desta quinta-feira, 14.

Entre os projetos que deve ter prioridade está o que trata da renegociação da dívida dos Estados, aprovado nesta quarta-feira no Senado. Governadores, como Luiz Fernando Pezão, do Rio, têm marcado presença no Congresso para garantir a aprovação da proposta.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), também já anunciou que quer colocar em pauta a eleição para os membros do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Outro projeto que deve ser votado nesta quinta é o que trata do reajuste de subsídios do defensor público da União. Também está na pauta de votação a proposta de criação de uma Secretaria da Juventude na Câmara.

Após a sessão da Câmara, está prevista ainda uma sessão do Congresso, para a apreciação conjunta de deputados e senadores dos destaques à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017, além de nove vetos presidenciais. A intenção do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), que preside a Mesa do Congresso, é votar também o Orçamento da União para 2017.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.