Camaro Amarelo ganha versão elétrica para crianças

Fábrica de brinquedos Bandeirantes aproveita sucesso da música da dupla Munhoz e Mariano e lança carrinho elétrico por R$ 1 mil

29 de outubro de 2013 | 10h51

SÃO PAULO - "Agora eu fiquei doce igual caramelo, tô tirando onda de Camaro amarelo". O sucesso da dupla Munhoz e Mariano, tema da novela 'sangue Bom' e uma das músicas mais tocadas nas baladas do País, inspirou a fábrica de brinquedos Bandeirantes a lançar a versão de brinquedo do carro de luxo da Chevrolet.

O Camarinho Amarelinho para crianças de três a seis anos de até 25 quilos será vendido a R$ 1.049,00. O Camaro Amarelo da Chevrolet custa R$ 182.729.

Controle remoto. O Camaro de brinquedo é movido a bateria recarregável de 6V e alcança até 4 quilômetros por hora. Ele tem marchas para a frente e de ré, volante com buzina.

Ele pode ser usado de duas formas: com a criança dirigindo o brinquedo ou com controle remoto, onde um adulto auxilia a crianças iniciante que ainda não consegue interagir com o brinquedo.

 

Lançado nos anos 1960, o Chevrolet Camaro acelera de 0 a 100 km/h em 4,8 segundos e tem velocidade máxima limitada eletronicamente a 250 km/h.

A música Camaro Amarelo narra o desabafo de um jovem que era desprezado quando andava com uma motocicleta popular (CG), e depois recebe uma herança e compra o modelo de luxo da Chevrolet. O vídeo oficial da música já tem mais de 50 milhões de visualizações no Youtube.

Tudo o que sabemos sobre:
Brinquedo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.