Camex altera para 2% imposto para bens de capital

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) alterou para 2% a alíquota do imposto de importação incidente sobre vários bens de capital e de informática e telecomunicação, todos na condição de ex-tarifários. A medida consta de duas resoluções publicadas em edição extra do Diário Oficial da União.

LUCI RIBEIRO, Agência Estado

24 de junho de 2014 | 08h18

Pela Resolução 43, a nova alíquota vale a partir de hoje até 31 de dezembro de 2015 para três bens de informática - comutadores modulares SAN para uso em datacenters; roteadores de estrutura robusta para ambientes adversos; e sensores bolométricos matriciais não refrigerados. Outros seis bens de informática serão taxados a 2% a partir de 1º de julho até 31 de dezembro de 2015. A Resolução também fixa em 31 de dezembro de 2015 o prazo final para a vigência da alíquota de 2% sobre vários bens de capital.

Tudo o que sabemos sobre:
CamexTECbens de capitalinformática

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.