Camex aprova antidumping para importado dos EUA

O Conselho de Ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex) aprovou a aplicação de direito antidumping definitivo contra as importações de diisocianato de tolueno, utilizado na fabricação de poliuretanos para produtos como espumas e revestimentos. A resolução foi publicada hoje no Diário Oficial da União. O direito antidumping será aplicado para as importações provenientes dos Estados Unidos e da Argentina, por um período de cinco anos.

ROSANA DE CASSIA, Agencia Estado

18 de novembro de 2011 | 09h49

Os direitos antidumping têm como objetivo evitar que os produtores nacionais sejam prejudicados por importações de produtos com preços mais baixos que no mercado interno.

Tudo o que sabemos sobre:
CamexantidumpingEUAArgentina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.