Leonardo Benassatto|Reuters
Leonardo Benassatto|Reuters

Caminhoneiro é baleado na cabeça durante protesto no ES

Homem foi socorrido e passa bem; governo do Estado vai multar condutores de caminhões em R$ 20 mil quando flagrados em bloqueios

Vinicius Rangel, Especial para O Estado

28 Maio 2018 | 13h20

VITÓRIA - Um caminhoneiro de 38 anos foi baleado na cabeça ao tentar abordar um caminhão que seguia numa estrada entre Santa Leopoldina e Cariacica, sede na região metropolitana de Vitória (ES). O crime aconteceu na noite deste domingo, 27.

+ AO VIVO: Siga a cobertura da greve dos caminhoneiros em tempo real

De acordo com a Polícia Civil, havia a informação de que alguns motoristas estavam cortando caminho pela estrada, para fugir dos protestos. Caminhoneiros descobriram, foram para o local e interditaram o trecho. Na abordagem, os manifestantes insistiam pra que a adesão fosse maior ao movimento. 

+ Abastecida por trem, Bauru não fica sem gasolina e diesel

Eles abordaram vários veículos, até que um motorista que estava com o filho vindo de Santa Maria de Jetibá, na região serrana do Estado, tentou furar o bloqueio e o filho do condutor atirou quatro vezes contra os manifestantes. 

+ Há combustível para ônibus até terça, diz Covas

Um dos disparos acabou acertando um manifestante na cabeça. A vítima foi socorrida para um hospital e passa bem. O filho do motorista foi preso por tentativa de homicídio.

Multa. O Governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, determinou que seja cumprida uma ordem judicial que determina que todos os caminhoneiros com cargas de produtos essenciais sejam liberados para chegar até os destinos em todo o Estado. Caso haja descumprimento da ordem, o condutor pode ser multado em R$ 20 mil. Ainda não foi registrada nenhuma multa.

De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança Pública, ainda há 1.646 veículos parados em 29 pontos de manifestação nas rodovias federais e estatuais no Estado capixaba. A Polícia Militar apontou a existência de também de mais de 1.600 manifestantes.

O foco do governo do Estado nessa semana é o abastecimento de combustíveis em postos da Grande Vitória, nas cidades do interior e também na região serrana. Em 24 horas de operação da força-tarefa criada, desde a última sexta-feira, 25, foram abastecidos 80 locais.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.