Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Caminhoneiros fazem protesto na Europa contra petróleo

Caminhoneiros bloquearam cidades e rodovias que cruzam as fronteiras da Espanha, ao mesmo tempo em que o governo italiano se reunia com transportadores locais. Em ambos casos, a reivindicação é por um alívio para os preços dos combustíveis, que vêm sendo pressionados pela alta do petróleo no mercado internacional.Caminhões com velocidade reduzida bloquearam o tráfego nos arredores das grandes cidades espanholas, provocando congestionamentos que chegaram a 20 quilômetros na região de Madri. O protesto também bloqueou o acesso a supermercados atacadistas em vários pontos do país e uma fileira de caminhões impediu a travessia pela La Junqueira, principal via que liga o Norte da Espanha com o Sul da França.ItáliaEnquanto políticos de vários pontos da Europa buscam alternativas para atenuar o impacto da escalada internacional de preços do petróleo para os consumidores e empresas, o governo da Itália deve apresentar um plano de alívio tributário durante um encontro com sindicatos que representam os caminhoneiros."Estamos concluindo um plano para congelar o imposto sobre as vendas de combustíveis", afirmou o subsecretário do Ministério da Indústria da Itália, Ugo Martinat, acrescentando que o plano pode ter como alvo os transportadores de carga. O imposto sobre as vendas representa cerca de 17% dos preços da gasolina e do diesel nas bombas dos postos da Itália, que a 1,50 euro por litro está entre os mais elevados na União Européia (UE). Os impostos representam cerca de dois terços do preço final dos combustíveis no país.O governo italiano também está planejando um tributo especial para os lucros das companhias petrolíferas, com a intenção de alocar a arrecadação de recursos extras para redução dos custos de energia para as famílias. O ministro da Economia, Giulio Tremonti, chamou a medida de "Imposto Robin Hood", sem dar mais detalhes sobre o assunto. As informações são da Dow Jones.

PATRICIA LARA, Agencia Estado

09 de junho de 2008 | 12h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.