Caminhoneiros protestam em trechos de rodovias no RS

Caminhoneiros contrários a alguns itens da regulamentação da profissão fizeram manifestações em 14 trechos de rodovias do Rio Grande do Sul nesta segunda-feira. Houve bloqueio temporário nas BRs 285, em Ijuí, e 158, em Júlio de Castilhos, e nas rodovias estaduais 223, em Ibirubá, 332, em Espumoso, e 569, em Palmeira das Missões, municípios localizados no noroeste do Estado. As estradas foram liberadas depois de negociações com as Polícias Rodoviárias Federal e Estadual.

ELDER OGLIARI, Agencia Estado

30 de julho de 2012 | 19h44

Também houve protestos à beira das rodovias. Quatro deles ocorreram na BR-392, entre o centro e o sudeste do Estado, próximos às cidades de Santa Maria, São Sepé, Canguçu e Pelotas. Do centro para o noroeste, houve manifestações semelhantes na BR-158, em Panambi e Palmeira das Missões, na BR-386, em Tio Hugo, e na BR-472, em São Borja. Na metade sul, a mobilização foi na BR-163, em Cachoeira do Sul.

Os grupos que protestaram disseram à Polícia Rodoviária Federal que são independentes, sem vínculos com sindicatos ou entidades. O Movimento União Brasil Caminhoneiro (MUBC), que convocou uma manifestação nacional para a quarta-feira passada, não assume as manifestações ocorridas no Rio Grande do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
caminhoneirosprotestosRS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.