Campanhola ainda não decidiu pelo Pólo de Biocombustível

O presidente da Embrapa, Clayton Campanhola, cuja demissão foi anunciada ontem pelo ministro da Agricultura Roberto Rodrigues, informou hoje, por meio de sua assessoria de imprensa, que está estudando outros convites, além do feito pelo próprio ministro para coordenar o Pólo de Biocombustíveis, sediado em Piracicaba (SP).Segundo a assessoria, estes convites seriam mais importantes do que o feito pelo ministro, mas Campanhola ainda não decidiu o seu destino, pois ainda cumpre funções administrativa na presidência da Embrapa, até a posse do novo presidente, Silvio Crestana. A assessoria não quis informar quais seriam os convites feitos a Campanhola e informou que o dirigente não dará entrevistas, por orientação do Ministério da Agricultura.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.