Campo retoma greve após conflito com governo da Argentina

Paralisação se prolongará até a meia-noite de quarta, dia em que ocorre uma manifestação contra o governo

Efe,

15 de junho de 2008 | 00h29

As entidades agrárias argentinas decidiram retomar a greve comercial a partir deste domingo e até a próxima quarta-feira. A decisão foi tomada depois dos últimos incidentes ocorridos neste sábado, 14.  Veja também: Prisão de líder ruralista desata onda de protestos na Argentina "A greve consistirá na cessação da comercialização de produtos agropecuários, excetuando os derivados de leite e perecíveis", diz a declaração contida em um documento lido durante uma entrevista coletiva das quatro entidades que protagonizam um duro conflito com o Governo há 95 dias. A greve se prolongará até a meia-noite da próxima quarta-feira, dia em que foi convocada uma manifestação em apoio ao campo e em repúdio ao Governo, no meio do conflito acirrado por causa das mudanças tributárias à exportação de grãos.

Tudo o que sabemos sobre:
Argentinagreveagricultores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.