Canadá aprova Japão em Acordo Transpacífico

O Japão recebeu sinal verde neste sábado para se tornar o 12º país a participar das negociações para a formação de um grande bloco de comércio Ásia-Pacífico ao conquistar a aprovação do Canadá. A medida levou a terceira maior economia do mundo para o diálogo do sobre o Acordo de Comércio Transpacífico (TPP, na Sila em inglês), cujas negociações podem ser concluídas ainda neste ano.

Agencia Estado

20 de abril de 2013 | 16h00

Os Estados Unidos, que conduzem a chamada Parceria Transpacífica, saudou a entrada do Japão nas negociações como um importante passo adiante.

"Estamos muito entusiasmados com o que aconteceu", disse Demetrio Marantis, representante de comércio interino dos Estados Unidos, ao Wall Street Journal. A entrada do Japão vai ajudar a Parceria a se tornar "uma plataforma para a integração na região Ásia-Pacífico".

A economia e a população japonesas "aumentam a significância econômica do TPP não apenas para os Estados Unidos, mas para todos os países do bloco", declarou Marantis. "O fato fornece um grande mercado para exportações e para os empregos que são apoiados por essas exportações."

A entrada do Japão aconteceu com atrasos. Após uma reunião a portas fechadas na sexta-feira, Tóquio não foi admitido e um ministro japonês disse aos jornalistas que o Canadá ainda tinha objeções à entrada do país. O Canadá, por sua vez, negou os relatos de que estaria impedindo o acordo para conseguir concessões.

Neste sábado, porém, Ed Fast, o ministro de Comércio Exterior do Canadá, disse em comunicado que seu país havia "concluído com sucesso" suas consultas com o Japão e "fechado um acordo com nossos parceiros do TPP que favorece os interesses canadenses e é uma parte importante do ambicioso plano comercial de nosso governo".

O Japão de une aos Estados Unidos, Austrália, Brunei, Canadá, Chile, Malásia, México, Nova Zelândia, Peru, Cingapura e Vietnã. Uma nova rodada de negociações está marcada para o Peru no próximo mês. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãoCanadáAcordo Transpacífico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.