Caos faz usuário reduzir desejo de viajar de avião

Mesmo sem refletir ainda o impacto do acidente com o vôo da TAM, a confiança do consumidor ficou abalada com a intensificação do caos no setor aéreo em julho. Levantamento especial da Fundação Getúlio Vargas (FGV), feito a partir da Sondagem Conjuntural das Expectativas do Consumidor, mostra que caiu o número de pessoas dispostas a viajar de avião nas férias. De acordo com a FGV, os próximos resultados da pesquisa serão ainda piores, pois refletirão todo o impacto do acidente da TAM.Segundo o coordenador de Sondagens Conjunturais da instituição, Aluísio Campelo, o acidente do dia 17 não chegou a ser captado pela pesquisa divulgada ontem. ''''Mais de 90% das informações já tinham sido coletadas. Mesmo assim, o consumidor já estava manifestando interesse de viajar menos de avião'''', disse.De acordo com o economista, a percepção negativa dos entrevistados sobre o setor aéreo já parece bastante consolidada. Entre os dias 2 a 20 desse mês, 25% do total de 2 mil entrevistados planejam viajar de férias nos próximos seis meses. Desse total, 37,8% pretendem usar o avião como meio de transporte - ante 41,7% em junho. Ao mesmo tempo, subiu de 35,5% para 39,5%, entre junho e julho, a parcela dos interessados em viajar de automóvel durante as férias.

Alessandra Saraiva, O Estadao de S.Paulo

07 de julho de 2026 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.