Captação de novos recursos em previdência cresce 33,5%

A captação de novos recursos em previdência complementar cresceu 33,54% no acumulado do ano até setembro deste ano, somando R$ 13,2 bilhões, contra R$ 9,8 bilhões registrados em igual período do ano passado. Os dados foram divulgados nesta terça-feira pela Associação Nacional da Previdência Privada (Anapp).Segundo comunicado da entidade, o montante apurado representa 90% dos R$ 14,6 bilhões captados ao longo de 2003. Tradicionalmente, as vendas são aceleradas no 13º salário e ao fechamento do exercício fiscal.Em 2004, de acordo com a Anapp, o crescimento do mercado pode ser atribuído em grande parte ao desempenho dos VGBLs, que já compõem 53% do volume de captação da previdência complementar. Houve um aumento de 70,61% na receita do produto, que atingiu o patamar de R$ 7,04 bilhões em novas contribuições até setembro, na comparação com o acumulado até setembro de 2003. No mesmo período, a receita dos PGBLs - responsáveis por 26% do volume de captação - cresceu 11,68%, acumulando R$ 3,43 bilhões.Os planos tradicionais tiveram um volume de novas captações de R$ 2,63 bilhões, apresentando um comportamento estável na comparação com 2003. Esses planos são responsáveis por 20% de todo o volume de captação. O restante das receitas vieram das contribuições para os FAPIs.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.