Carl Icahn aumenta participação na Chesapeake Energy para 8,9%

O bilionário investidor Carl Icahn, o segundo maior acionista da empresa norte-americana de óleo e gás Chesapeake Energy, aumentou sua participação na companhia para 8,9 por cento, de acordo com um documento regulatório.

Reuters

20 de novembro de 2012 | 16h45

Icahn e o investidor Mason Hawkins, que detém 13,5 por cento da Chesapeake, assumiram o controle do Conselho da companhia, de nove membros, em junho, em um esforço para fortalecer suas finanças e lidar com uma crise de governança.

Icahn, que não estava imediatamente disponível para comentar, tinha uma parcela de 7,56 por cento da empresa.

Tudo o que sabemos sobre:
ENERGIACHESAPEAKEICAHN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.