Carlos Jasso/Reuters
Carlos Jasso/Reuters

Carlos Slim compra 3,2% do grupo Prisa, dono do ‘El País’

Grupo espanhol de mídia enfrenta reestruturação há anos para tentar reduzir dívida 

Regina Cardeal, da Agência Estado,

18 de novembro de 2011 | 12h10

MADRI - Uma companhia controlada pelo bilionário Carlos Slim, do México, comprou uma participação de 3,2% na Promotora de Informaciones SA (Prisa), da Espanha, numa ação que representa um apoio para o financeiramente problemático gigante de mídia espanhol.

O Prisa, com sede em Madri, é proprietário do El País, jornal líder em vendas na Espanha. O grupo está sendo submetido a uma reestruturação há anos para tentar reduzir os pesados encargos de sua dívida. No ano passado, anunciou um plano de cortar 2.500 empregos até o primeiro trimestre de 2012.

As ações do grupo Prisa na Bolsa de Madri subiam mais de 15% após o anúncio da compra. O valor do negócio não foi divulgado.

Slim, o homem mais rico do mundo segundo ranking da revista Forbes, comprou a fatia por meio do Grupo Carso, conglomerado que controla no México.

Em outubro, o bilionário mexicano também ampliou sua participação no jornal americano New Yor Times, de 7,5% para 8,1%, pela terceira vez em dois meses.

As informações são da Dow Jones. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.