Carlos Slim lança TV na web com Larry King

Empresário mexicano contrata ex-apresentador da CNN para tentar levar consumidor à internet 

Brian Stelter, do The New York Times,

12 de março de 2012 | 22h45

 

 

NOVA YORK - O bilionário mexicano Carlos Slim está financiando uma nova rede de TV via internet, a Ora.tv, que trará Larry King, o antigo entrevistador da CNN, de volta à mesma função. A nova rede, anunciada nesta segunda-feira, é a mais recente mostra do interesse de Slim nas transmissões de programas na internet e no conteúdo televisivo.

A rede terá uma grade de programas transmitidos pela web via streaming para computadores, telefones e aparelhos de TV nos Estados Unidos, América Latina e outros países, sem passar pelo sistema de distribuição das TV tradicionais.

"É uma oportunidade para criarmos uma grande marca dentro dos próximos anos", disse Jon Housman, recrutado por Slim para ser o diretor executivo da rede. Housman foi presidente da área de jornalismo digital da News Corp.

A Ora.tv vem se unir ao império de Slim, considerado o homens mais rico do mundo pela revista Forbes. Sua empresa, America Movil, maior operadora de telefonia celular na América Latina, será a única financiadora da rede. O valor do investimento não foi revelado.

Carlos Slim é um importante player no campo da TV paga na América Latina, mas não no México, onde o governo tem bloqueado seus esforços. As redes de internet são uma maneira de contornar isso, pelo menos no momento.

Questionado se a Ora.tv produzirá vídeos especificamente para as redes sem fio da America Movil controladas por Slim, Housman disse que "isso jamais foi um tópico nas conversas sobre o empreendimento". E afirmou que vem mantendo conversações com potenciais distribuidores para a rede. Acrescentou que Slim "insistiu para criarmos uma franquia que poderá ter um grande valor com o tempo".

Segundo Housman, a Ora.tv será mantida por publicidade, e não por subscrições. A rede não tem data de inauguração, mas a previsão do executivo é que esteja online ainda neste ano.

Larry King, cofundador da rede, disse que seu novo horário em parte será similar ao "Larry King Live", programa de entrevistas que pilotou na CNN de 1985 a 2010 e que foi substituído pelo "Piers Morgan Tonight" no início do ano passado. "Deparo com pessoas que dizem ter saudade do meu programa. E muitas vezes eu também tenho".

No mês passado, Larry, 78 anos, que se comprometeu a fazer quatro programas especiais no ano para a CNN, desvinculou-se oficialmente da rede em parte para começar o novo trabalho na Ora.tv. Disse ter muito respeito pela direção da CNN. "Quando o trem chega na última estação, você sabe que tem de descer", disse ele sobre sua saída.

Housman disse que o programa semanal de King vai atrair espectadores para a internet, como também outros talentos na programação. Larry King disse que sua mulher, Shawn, também participará da Ora.tv. "Ela deve fazer um programa sobre moda e provavelmente vai entrevistar celebridades", disse.

Ora.tv e empresas do mesmo ramo estão tentando atrair um número crescente de consumidores de vídeos por computadores, tablets, celulares e televisores conectados à internet. Google está gerando dezenas de canais de programas sob encomenda que devem começar este ano no YouTube. Netflix e Hulu estão lançando programas originais. E Amazon deve também entrar neste campo.

Proprietários de redes de TV, como a News Corp e Comcast vêm aumentando o volume do conteúdo original que produzem para a internet. Carlos Slim detém participações em inúmeras empresas de mídia, incluindo a The New York Times Co.

Em comunicado sobre o nome empreendimento, Carlos disse que "o modelo de negócio é sólido e a equipe traz o talento e o conhecimento do setor que ajudarão a Ora.tv a se destacar no campo da TV digital, categoria que está aparelhada para ter um crescimento exponencial". /TRADUÇÃO DE TEREZINHA MARTINO 

Tudo o que sabemos sobre:
Carlos SlimTVinternetLarry King

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.