Carnes e pescados são principais itens da alimentação

As Carnes e Pescados são os principais itens de alimentação na mesa das famílias brasileiras, em suas refeições dentro de casa. Porém, as famílias rurais gastam mais com carne do que as famílias urbanas. Além disso, o segundo item mais importante de alimentação nas famílias rurais são as farinhas e cereais, enquanto que, nesta posição, nas famílias urbanas, encontra-se o segmento de pães, leites e seus derivados. Os dados constam da Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) - 2002-2003, divulgada hoje pelo IBGE.A análise mostra que 18,34% do total da despesa média mensal usada em alimentação, pelas famílias brasileiras, são utilizados para comprar carnes, vísceras e pescados. Enquanto que, nas famílias urbanas, este percentual é de 18,02%, as famílias rurais usam 20,12% de seu total de despesa média mensal em alimentação para os gastos com carnes. No entanto, as famílias rurais gastam 16,86% de sua despesa média mensal em alimentação na compra de cereais, leguminosas e oleaginosas, sendo este o segundo grupo mais importante de alimentos, seguido por farinhas, féculas e massas - com participação de 9,14% no total da despesa média mensal usada para alimentação. Nas famílias urbanas, o segundo grupo mais importante é o de leite e derivados (12,46% da despesa média mensal em alimentação), seguida por panificados (11,77% de participação no gasto médio mensal em alimentos).Como 75% da população brasileira é urbana, os resultados de famílias que vivem nesta área são similares ao desempenho do consumo total da família brasileira em alimentação. Na família brasileira, o segundo grupo mais importante depois de carnes também é o de leite e derivados (fatia de 11,94% na despesa média mensal usada em alimentação), seguida pelo grupo de panificados (10,92% de participação na despesa média mensal usada em alimentação).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.