Edgar Su/Reuters
Edgar Su/Reuters

Carrefour retira de lojas produtos de frigoríficos citados na Carne Fraca

O grupo ainda ressaltou que tem rígidos controles de segurança alimentar, além de realizar inspeção em 100% dos perecíveis que recebe

O Estado de S.Paulo

21 de março de 2017 | 18h55

SÃO PAULO - O Carrefour no Brasil retirou preventivamente das suas lojas os produtos vindos dos frigoríficos citados nas denúncias da operação Carne Fraca da Polícia Federal, disse a rede varejista em nota nesta terça-feira, 21. 

De acordo com a companhia, o critério para retirada foi a planta frigorífica e não a marca. O Carrefour, contudo, não informou de imediato de quais fábricas citadas na operação eram os itens retirados ou o volume dos produtos.

O processo de remoção dos produtos teve início conforme o Carrefour tomou conhecimento da operação na sexta-feira e identificou as origens dos produtos.

O grupo ainda ressaltou que conta com rígidos controles de segurança alimentar, de acordo com as normas regulatórias em vigor, além de realizar inspeção em 100% dos perecíveis que recebe em seus centros de distribuição e análises laboratoriais periódicas.

Na sexta-feira, quando a operação foi deflagrada, o Carrefour havia informado que havia exigido esclarecimento aos fabricantes envolvidos nas denúncias./REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.