Carta ao FMI destaca crescimento positivo e perspectivas

O ministério da Fazenda divulgou hoje, no início da tarde, uma carta enviada ao diretor-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Horst Kohler, pelo ministro da Fazenda, Antonio Palocci Filho, e pelo diretor do Banco Central, Henrique Meirelles. Na carta, datada de 28 de maio de 2003, o ministro da Fazenda e o presidente do Banco Central afirmam que o crescimento da economia tem permanecido positivo e as perspectivas de médio prazo têm se tornado mais promissoras. O documento também destaca os avanços obtidos pelo governo nas discussões voltadas para a votação da nova lei de falências no Congresso ainda em 2003. Meirelles e Palocci também reiteram na carta o compromisso do governo de trabalhar para reduzir a vulnerabilidade da economia a choques externos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.