Cartaxo: Receita mapeia grandes cias para fiscalização

O Secretário da Receita Federal, Otacilio Cartaxo disse hoje que a instituição está mapeando qual o universo dos grandes contribuintes pessoas físicas no País que serão alvo, até o final deste ano, das Delegacias de Maiores Contribuintes (Demac) que estão sendo instaladas no segundo semestre no Rio de Janeiro e São Paulo. Essas delegacias, inicialmente, estão voltadas para os 10.568 grandes contribuintes pessoas jurídicas que, segundo o Secretário, existem hoje no Brasil.

JACQUELINE FARID, Agencia Estado

19 de maio de 2010 | 11h30

De acordo com Cartaxo, ainda estão sendo estudados quais serão os parâmetros para determinar o limite de rendimento a partir do qual as pessoas físicas serão consideradas grandes contribuintes. O Secretário disse que os bons resultados da receita no primeiro quadrimestre deste ano - que mostrou um aumento de 12,52% na arrecadação ante igual período do ano passado - refletem o crescimento da economia. Segundo ele, a arrecadação de pessoas jurídicas já superou as perdas geradas pela crise econômica no ano passado.

De acordo com o secretário, as ações de incremento da fiscalização continuarão sendo implementadas e, neste momento, estão sendo feitas revisões de todo o sistema de tecnologia de informação da Receita, com instalação de novos controles e maior integração entre os sistemas. Cartaxo concedeu entrevista após participar do VI Encontro Nacional de Administradores Tributários, no Rio.

Tudo o que sabemos sobre:
ReceitaCartaxofiscalização

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.