coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

Cartórios funcionarão como banco em pequenas cidades

Os moradores das pequenas cidades sem agência bancária vão passar a dispor, por meio dos cartórios, dos serviços só prestados por instituições financeiras, como abertura e movimentação de contas eletrônicas. Para isso, a Caixa Econômica Federal (CEF) firmou parceria com as entidades que representam os cartórios em todo o País.Este mês, eles vão funcionar como bancos em sete cidades de Minas Gerais e Ceará. Até agosto, serão 100 e a meta é de que, até 2003, 4.500 cartórios estejam prestando esse serviço. "Estamos iniciando uma nova fase na prestação de serviços bancários", disse o presidente da Caixa, Valdery Albuquerque. Ele explicou que, com os correspondentes bancários, que são as pequenas mercearias, farmácias e outros estabelecimentos comerciais, a Caixa já está presente em todos os municípios brasileiros.Nos correspondentes bancários, sob a marca Caixa Aqui, os clientes podem efetuar diversos pagamentos, como contas de água, luz e telefone, além de receberem os benefícios sociais do governo tais como o bolsa-escola e bolsa-alimentação. Os correspondentes bancários, no entanto, não podem abrir conta.O diretor de Logística da Caixa, Mário Haaga, disse que, para abrir conta num correspondente bancário, hoje é preciso o deslocamento de um funcionário da Caixa, que irá verificar e conferir os documentos pessoais do futuro cliente. Com os cartórios, que também passarão a ter status de correspondentes bancários, isso não será necessário. "Por terem fé pública, os cartórios podem testemunhar a abertura de contas, sem a necessidade da presença de um funcionário da Caixa", disse o diretor.No início do convênio, os cartórios serão agentes de identificação e autenticação do cidadão, começando por operar com a abertura de contas eletrônicas. Essas contas são contas correntes simplificadas, movimentadas apenas por cartão magnético. É pelo cartão que o cliente fará saques e depósitos e consultas de saldo no próprio correspondente bancário.Numa segunda etapa, a Caixa habilitará os cartórios para e emissão do cartão do cidadão, pagamento do seguro-desemprego e outros serviços.

Agencia Estado,

18 de junho de 2002 | 19h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.